FONTE: BLOG DO TAS

Vai abaixo, carta assinada pelo líder do AfroReggae sobre o trágico evento do assassinato de mais um cidadão carioca que trabalhava no grupo como professor e intermediador de conflitos nas favelas cariocas.

Anúncios