Já faz alguns anos que eu travo com a cidade de São Paulo uma verdadeira relação de amor e ódio. E eu te explico o motivo.

São as ites que me tiram o sono e arrebentam a minha cabeça. Sim. E olha que eu não estou falando de frescurite, não. Falo de uma outra ite, que tem uma relação mais íntima com a cidade, e que, costuma se dar muito bem em São Paulo. Falo da sinusite e da rinite alérgica. Já ouviu falar?

Somente neste ano eu já fiquei mal algumas vezes por causa deste meu problema. A última foi nesta semana. Já até escutei da minha médica algo que eu não estou afim de cumprir. Apesar de tudo. Foi que ela me disse que o melhor seria se eu me mudasse de cidade – E bem rápido! Para que assim eu pudesse respirar um ar melhor e mais puro.

Tudo isto fica muito difícil de se conseguir no momento. Pra te falar a verdade, o que eu mais queria mesmo era poder melhorar o ar daqui, em vez de eu ter de sair da cidade. O ar podre se muda, e eu fico. Bem melhor! Mas isto é algo quase que impossível de acontecer. 

Como pode ver, nem tudo é perfeito nesta maravilhosa cidade caótica. E enquanto eu não me mudo daqui, eu continuo convivendo com esta minha ite. Reforçando assim, a minha relação de amor e ódio com a cidade.

Viva a máscara de oxigênio!

Anúncios