“Sou carteiro e pela lei tenho direito de tomar ônibus de graça para entregar cartas. Mas minha mulher paga passagem”

De um carteiro, dirigindo-se ao deputado Silvio Costa (PMN – PE), envolvido na farra do uso das passagens aéreas da Câmara.

Esta frase foi retirada da revista Isto É de 6 de Maio de 2009. O número da revista é 2060, ano 32.

Anúncios